Share

Archive for Novembro 2009

Hoje Vou contar uma Histórinha a todos você... (Espero que gostem!!!)
Um dia, um bezerro precisou atravessar a floresta virgem para voltar a seu pasto.
Sendo animal irracional, abriu uma trilha tortuosa, cheia de curvas, subindo e descendo colinas...
No dia seguinte, um cão que passava por ali, usou essa mesma trilha torta para atravessar a floresta. Depois foi a vez de um carneiro, líder de um rebanho, que fez seus companheiros seguirem pela trilha torta.
Mais tarde, os homens começaram a usar esse caminho: entravam e saíam, viravam à direita, à esquerda, abaixando-se, desviando-se de obstáculos, reclamando e praquejando, até com um pouco de razão...
Mas não faziam nada para mudar a trilha.
Depois de tanto uso, a trilha acabou virando uma estradinha onde os pobres animais se cansavam sob cargas pesadas, sendo obrigados a percorrer em três horas uma distância que poderia ser vencida em, no máximo, uma hora, caso a trilha não tivesse sido aberta por um bezerro.
Muitos anos se passaram e a estradinha tornou-se a rua principal de um vilarejo, e posteriormente a avenida principal de uma cidade.
Logo, a avenida transformou-se no centro de uma grande metrópole, e por ela passaram a transitar diariamente milhares de pessoas, seguindo a mesma trilha torta feita pelo bezerro... centenas de anos antes...
Os homens tem a tendência de seguir como cegos por trilhas feitas por pessoas inexperientes, e se esforçam de sol a sol a repetir o que os outros já fizeram.
Contudo, a velha e sábia floresta ria daquelas pessoas que percorriam aquela trilha, como se fosse um caminho único... Sem se atrever a mudá-lo.

Muitas vezes nos chamam de ousados , chatos , cri-cri , metidos , etc. pois temos ousado por caminhos novos, pois quando nos falam que devemos seguir aquele caminho pois todos estão indo por ali e não sentimos paz no coração , buscamos a resposta do alto , os conselhos de Deus e através dEle , por Ele e com Ele à nossa frente seguimos novos desafios. Sempre digo que não devemos ser cordeiros de homens..., mas cordeiros de Deus...
A propósito, qual é o seu caminho? Você serve a quem?


A paz de Deus para todos!
Até a próxima Quarta-Feira.
Gisele Garcia
Você serve a quem? Full View











































Blogeiros Amados...
Como minha amiga Débora já escreveu com todas as letras o verdadeiro significado do grupo de Jovens do que aconteceu e o que acontece, hoje vou mostrar para vocês as fotos da comemoração dos 12 anos do Fanuel... Então desejo a todos vocês uma ótima quarta...
Um mega beijos a todos!


Fiquem com DEUS e até a próxima quarta!
Gisele Garcia
Feliz Aniversário Fanuel... Full View

Hoje quero focar-me naquilo que me fascina por completo, que me toma de alegria, entusiasmo e paixão!Eu estou falando do momento em que posso me aproximar do Senhor e desfrutar de Sua presença. Ás vezes parece que o mundo e as situações da vida conspiram para sufocar nosso tempo e nos impedir de estar com o Amado. Mas Deus é tão precioso e honra aqueles que O desejam de todo coração, que sempre nos confere tempo para nos achegarmos a Ele. Só devemos ter cuidado para não perder a sensibilidade de perceber quando isso acontece.5 minutos de silencio na presença de Jesus. Foi exatamente isso que precisei há alguns dias para ter meu coração totalmente derramado em Sua presença.5 minutos sem falar nada, sem pensar em nada a não ser no Senhor e no anseio por ouvir Sua doce voz. 5 minutos. É tão pouco, mas tão precioso.Deus não precisa de muito para nos tocar, Ele não exige muito. Basta que deixamos tudo de lado por um instante e nos concentremos em buscá-Lo com toda intensidade do nosso ser.É extremamente BOM se aproximar de Deus. Experimente...


"Mas para mim, bom é aproximar-me de Deus; pus a minha confiança no Senhor DEUS, para anunciar todas as tuas obras"
Salmos 73. 28.



Deus o abençoe!
Abraços e até a próxima semana*
Gisele Garcia
Próximo do Amado! Full View

Olá meus amigos!!

Hoje em especial gostaria de parabenizar o meu amigo e muitas vezes pai conselheiro Salésio Lima.
Salésio Pela tua imensa sabedoria, carisma, amor e compreensão ao próximo é que tu estas ai diante das vitórias vinda dos Céus, pelo teu esforço e dedicação tu merece esses momentos de glória. Parabéns VEREADOR SALÉSIO LIMA*

Outonos e primaveras...

Primavera é tempo de ressurreição. A vida cumpre o ofício de florescer ao seu tempo. O que hoje está revestido de cores precisou passar pelo silêncio das sombras. A vida não é por acaso. Ela é fruto do processo que a encaminha sem pressa e sem atropelos a um destino que não finda, porque é ciclo que a faz continuar em insondáveis movimentos de vida e morte. O florido sobre a terra não é acontecimento sem precedências. Antes da flor, a morte da semente, o suspiro dissonante de quem se desprende do que é para ser revestido de outras grandezas. O que hoje vejo e reconheço belo é apenas uma parte do processo. O que eu não pude ver é o que sustenta a beleza. A arte de morrer em silêncio é atributo que pertence às sementes. A dureza do chão não permite que os nossos olhos alcancem o acontecimento. Antes de ser flor, a primavera é chão escuro de sombras, vida se entregando ao dialético movimento de uma morte anunciada, cumprida em partes. A primavera só pode ser o que é porque o outono lhe embalou em seus braços. Outono é o tempo em que às sementes deitam sobre a terra seus destinos de fecundidade. É o tempo em que à morte se entregam esperançosas de ressurreição. Outono é a maternidade das floradas, dos cantos das cigarras e dos assovios dos ventos. Outono é a preparação das aquarelas, dos trabalhos silenciosos que não causam alardes, mas que mais tarde serão fundamentais para o sustento da beleza que há de vir. São as estações do tempo. São as estações da vida. Há em nossos dias uma infinidade de cenas que podemos reconhecer a partir da mística dos outonos e das primaveras. Também nós cumprimos em nossa carne humana os mesmos destinos. Destino de morrer em pequenas partes, mediante sacrifícios que nos faz abraçar o silêncio das sombras... Destino de florescer costurados em cores, alçados por alegrias que nos caem do céu, quando menos esperadas, anunciando que depois de outonos, a vida sempre nos reserva primaveras... Floresçamos.

E não esqueçam Café colonial Domingo as 16horas na Mina União
Organização Grupo de Jovens Fanuel
Beijos amados do blog! Até a próxima Quarta-Feira...
Gisele Garcia
Outonos e primaveras... Full View




1
Salmo 91!

Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Todo-Poderoso descansará.
2 Direi do Senhor: Ele é o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio.
3 Porque ele te livra do laço do passarinho, e da peste perniciosa.
4 Ele te cobre com as suas penas, e debaixo das suas asas encontras refúgio; a sua verdade é escudo e broquel.
5 Não temerás os terrores da noite, nem a seta que voe de dia,
6 nem peste que anda na escuridão, nem mortandade que assole ao meio-dia.
7 Mil poderão cair ao teu lado, e dez mil à tua direita; mas tu não serás atingido.
8 Somente com os teus olhos contemplarás, e verás a recompensa dos ímpios.
9 Porquanto fizeste do Senhor o teu refúgio, e do Altíssimo a tua habitação,
10 nenhum mal te sucederá, nem praga alguma chegará à tua tenda.
11 Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos.
12 Eles te susterão nas suas mãos, para que não tropeces em alguma pedra.
13 Pisarás o leão e a áspide; calcarás aos pés o filho do leão e a serpente.
14 Pois que tanto me amou, eu o livrarei; pô-lo-ei num alto retiro, porque ele conhece o meu nome.
15 Quando ele me invocar, eu lhe responderei; estarei com ele na angústia, livrá-lo-ei, e o honrarei.
16 Com longura de dias fartá-lo-ei, e lhe mostrarei a minha salvação.




Fiquem todos com Deus e até terça que vêm!

Não se esqueçam! Domingo café beneficente do Grupo de Jovens Fanuel!
Tenho ingressos! :**

Débora Soares
Refúgio e Fortaleza, Salmo 91 Full View

HOME | ABOUT

Copyright © 2011 Grupo de Jovens Fanuel | Powered by BLOGGER | Template by 54BLOGGER